Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Feira de Vinhos’

Como acontece todo ano, a Expovinis marcou esta semana com a sua vigésima primeira edição. Realizada entre os dias 6 e 8 de junho, no Expo Center Norte em SP, a principal feira de vinhos da América Latina reuniu mais de 22 vinícolas nacionais, produtores de Portugal, Chile, Argentina, Itália, Espanha, Eslovênia, Reino Unido, além de grandes importadoras como, por exemplo, a Casa Flora, a Premium, a Viníssimo e a Galeria dos Vinhos.

A Expovinis Brasil 2017 veio desta vez com nova formatação na sua programação, apresentando várias atividades que a tornaram mais dinâmica e funcional. O visitante teve assim a oportunidade de assistir a palestras e degustações gratuitas nas salas do “Terroir do Conhecimento”, relaxar no “Wine Bar”, espaço onde alguns rótulos da feira podiam ser adquiridos em taça para uma apreciação mais completa, e comprar na “Loja da Expovinis”, ao sair do evento, vinhos degustados na feira.

Um dos momentos mais aguardados é sempre a revelação dos TOP TEN da Expovinis, cujo resultado foi anunciado no segundo dia do evento. Com um jurado de profissionais renomados, liderados por Jorge Lucki, membro da Académie Internationale du Vin, foram selecionados em dez categorias os seguintes vinhos:

1- Vinho Espumante Nacional: “Peterlongo Elegance” da Vinícola Peterlongo. É interessante lembrar que, atualmente, os grandes investimentos em infra-estrutura, a parceria com o famoso winemaker francês Pascal Marty, a revitalização da linha de produção e as inovações em turismo, têm alavancado a Peterlongo, colocando-a num patamar de destaque no cenário brasileiro.

IMG_6213

2- Vinho Espumante Importado: “Gramona Cuvée Gran Reserva Brut 2012”, importado pela Casa Flora.

3- Vinho Branco Brasileiro: “Sinais” Sauvignon Blanc 2017, da Vinícola Don Guerino, Serra Gaúcha, RS. Vinho de coloração amarelo esverdeado, com notas tropicais de maracujá, goiaba e aspargos, com ótima acidez, muito refrescante e de longa persistência. Deve-se também registrar aqui, que essa vinícola lançou na Expovinis o primeiro Torrontés brasileiro. Essa cepa branca é emblemática na Argentina e origina vinhos aromáticos e expressivos.

IMG_6224
4- Vinho Branco Importado: “Clearview” Reserve Chardonnay 2014 (Nova Zelândia), apresentado pela importadora Premium. Belo vinho de coloração amarelo dourado, untuoso, encorpado, com notas amanteigadas e longa persistência.

5- Vinho Rosado: “Chiaretto” 2015 D.O.P., um blend de Gropello, Marzemino, Sangiovese e Barbera. Com baixo residual de açúcar (4g/l), é um vinho italiano fresco, ácido, extremamente gastronômico. Apresentado por Galeria dos Vinhos.

6- Vinho Tinto Nacional: “Speciale” Syrah, da Vinícola Casa Verrone, Serra da Mantiquera, SP. Vinho de coloração rubi violáceo, aromas de compota de frutas negras, coco, menta, notas de especiarias e caramelo. Bom corpo, taninos finos e média persistência.

7- Vinho Tinto Novo Mundo: “KM 0”, um blend de 51% Cabernet Sauvignon, 39% Carmenère e 10% Syrah, Apalta, Chile. Seu produtor, Jaime Roselló Larrain, é bodeguero integrante do MOVI. Rótulo apresentado por Carvalho Vinhos.

IMG_6244
8- Vinho Tinto Velho Mundo I (Penínsusula Ibérica): “Pomar do Espírito Santo” Reserva 2013, Vinho Regional de Lisboa, Portugal. Belo exemplo de vinho português com sangue brasileiro, uma vez que o proprietário e produtor, André Manz, é brasileiro.

IMG_6217
9- Vinho Velho Mundo II (França, Itália e Espanha): “Château Fleur Cardinale” Grand Cru Classé 2009, Saint-Émilion, França.

10- Vinho Fortificado e Doce: “Messias” Porto Tawny 10 anos, importado pela Casa Flora.

Paralelamente a essa premiação, a Wine Blog Hunter elegeu alguns rótulos que também foram destaques na feira. Um deles foi o “Amaral” Sauvignon Blanc 2016, da vinícola Mont Gras (Chile) que estava na Expovinis, celebrando seus 25 anos.

O Chile, que vem liderando o ranking de vinhos importados no Brasil, apresentou na Expovinis muitas novidades, dentre elas a vinícola estreante “Dona Javiera”, produtora dos únicos vinhos chilenos bebidos no Palácio de Buckingham e no Parlamento Britânico.

Os vinhos da Eslovênia também marcaram presença na feira, apresentando seus vinhos frescos, leves e frutados, em cuja elaboração entram cepas brancas como a Furmint, a Pinot Blanc e a Pinot Grigio, e tintas como a Blaufränkisch.

IMG_6201-2
Feira organizada pela “Informa Exhibition” e com a assessoria da “CH2A Comunicação”, a Expovinis Brasil 2017 foi, sem dúvida, um importante marco na fomentação do setor vinícola, na promoção de grandes negócios e na divulgação das novidades do mercado do mundo do vinho.

Maria Uzêda.

 

 

 

 

Anúncios

Read Full Post »

Aconteceu em São Paulo, na semana passada, a maior feira internacional de vinhos da América Latina, o EXPOVINIS. O evento anual, que está em sua 19a. edição, é uma grande oportunidade para excelentes negócios, movimenta o mercado e traz as últimas novidades do mundo do vinho.

TOP-TEN-EXPOVINIS-2015-FEIRA-DE-VINHOS

Várias atividades paralelas foram realizadas durante o evento deste ano. O projeto Dr. Wine, por exemplo, atendeu a profissionais iniciantes ou que não têm consultoria de especialistas para montar uma carta de vinhos, dando dicas e sugestões valiosas. As Degustações “Premium”, com provas temáticas, foram conduzidas por grandes especialistas do setor.

Várias palestras gratuitas foram oferecidas ao público consumidor ou visitante iniciante na área de vinho. A Associação Portuguesa de Cortiça, por exemplo, promoveu a palestra “Vinho e Cortiça”, ministrada por Carlos Cabral.

A presença do Master of Wine, Dirceu Vianna Jr., único brasileiro a ostentar esse título, abrilhantou o evento, comandando a palestra “Ferramentas de Vendas Usadas em Países Europeus – Como Vender Vinhos em um Mercado Competitivo”, dirigida a profissionais do ramo.

Um grupo de doze conceituados profissionais do vinho se reuniu, nos dias que antecederam à feira, para uma mega degustação que elegeu os 10 vinhos de destaque do Expovinis 2015, neste que é o mais aguardado concurso de vinhos do Brasil. Selecionados em dez categorias, os rótulos eleitos foram:

aRACURI-ESPUMANTE-NACIONAL-EXPOVINIS

1- Vinho Espumante Nacional: “Aracuri Brut”, Chardonnay 2013.
2- Vinho Espumante Internacional: “Georges de la Chapelle Nostalgie”.
3- Vinho Branco Nacional: “Pericó Vigneto” Sauvignon Blanc 2014
4- Vinho Branco Internacional: “Casas del Toqui Terroir Selection” Sauvignon Blanc Gran Reserva 2014, D.O. Colchagua Valley, Chile.
5- Vinho Rosado: “Côtes de Provence Saint Sidoine” Rosé 2014, França.
6- Vinho Tinto Nacional: “Valmarino” Cabernet Franc Ano XVIII 2012.
7- Vinho Tinto Novo Mundo: “Renacer” Malbec 2011, Argentina.
8- Vinho Tinto Velho Mundo (Península Ibérica): “Pêra-Grave” Reserva 2011, Vinho Regional Alentejano, Portugal.
9- Vinho Tinto Velho Mundo (Itália, França e outros):”A Sirio” Sangervasio, IGT 2007, Toscana, Itália.

A-SIRIO-TOSCANA-ROSSO-EXPOVINIS
10- Vinho Fortificado: “Alambre Moscatel de Setúbal” 20 anos, José Maria da Fonseca, Portugal.

A participação cada vez mais expressiva dos produtores nacionais foi uma agradável constatação neste ano. O número significativo das Vinícolas do Brasil mostram que muito trabalho vem sendo feito no setor vitivinícola brasileiro e, o que é melhor, estão se saindo muito bem, com seriedade e muita criatividade. A vinícola catarinense Abreu Garcia, por exemplo, em parceria com a vinícola Cave Geisse (reconhecida nacional e internacionalmente pelo alto padrão de qualidade de seus espumantes), lançou na feira o “Geo”, elaborado com a uva branca italiana Vermentino, pelo método tradicional, um espumante de grande frescor, com boa espumação, finíssimo e intenso perlage e ótima acidez. A vinícola Guatambu, por sua vez, apresentou um tinto espetacular, o “Épico”, um corte de Tannat, Cabernet Sauvignon, Merlot e Tempranillo. A vinícola Aracuri, produtora do espumante nacional vencedor da feira, exibiu também um delicioso espumante Blanc de Noir, elaborado com a uva Pinot Noir pelo método tradicional, e o “Reduto”, um tinto estruturado e potente, elaborado com a uva Merlot em estilo Amarone.

ÉPICO-GUATAMBU-VINHO-NACIONAL-EXPOSVINIS

Das terras de Giuseppe Verdi, do famoso queijo Parmesão e do presunto de Parma, chegou ao Expovinis o “Lambrusco Ceci”, do produtor Otello Ceci. Apresentado em sua elegante linha “color”, esse Lambrusco possui teor alcoólico de 11%, diferentemente daqueles que conhecemos no Brasil com baixíssimo teor alcoólico. O “Otello on Ice” era uma novidade à parte, sugerido para ser tomado com gelo devido à sua forma de elaboração, com uvas bem maduras e mais encorpado.

Empresas de exportação e distribuidores internacionais apostaram no mercado brasileiro e chegaram trazendo suas novidades. Foi o caso da “Luxury Drinks”, empresa portuguesa que trouxe o vinho tinto “Pêra-Grave Reserva Tinto 2011”, um dos vencedores do concurso Top Ten do Expovinis 2015 e apresentou um respeitável catálogo de vinhos finos.

Esses foram alguns dos motivos que tornaram o Expovinis 2015 uma oportunidade ímpar de negócios e uma experiência enriquecedora para todos: enófilos, produtores, importadores e demais profissionais do setor vinícola.

Parabéns aos idealizadores, organizadores, promotores (BTS) e assessores de comunicação (CH2A Comunicação) que se empenharam para o sucesso da feira.

Maria Uzêda

Read Full Post »

O Encontro de Vinhos Off organizado por Daniel Perches acontecerá na próxima terça-feira, dia 21 de abril, na Casa da Fazenda. O evento trará cerca de 30 expositores e inúmeras atrações que, em comunhão com o mundo do vinho, fazem deste o mais generoso, vibrante e encantador evento de vinhos de São Paulo.

Nesta sexta edição do evento, uma nova formatação irá entreter o público enófilo que, além dos vinhos de excelente qualidade, poderá contar com a presença de Food Trucks, participar de cursos e palestras, comprar adegas, taças, azeites e outros produtos ligados ao mundo do vinho.

encontro-de-vinhos-off
É importante aqui ressaltar o número expressivo de vinícolas brasileiras presentes no evento. Eu sou suspeita para falar, mas como grande fã dos produtos nacionais, não posso deixar de enaltecer o trabalho que inúmeras vinícolas vêm desenvolvendo com seriedade e paixão. É o caso da renomada Casa Valduga, do produtor de espumantes artesanais  Adolfo Lona, do produtor Luiz Argenta que esmera por qualidade e sustentabilidade, da vinícola “Vinhetica” que traz vinhos feitos por um francês, aproveitando o melhor do terroir brasileiro, e outras que o visitante poderá conhecer neste especial Encontro de Vinhos Off.

Em degustação prévia, que reuniu vários profissionais do vinho no último dia 16, foram eleitos os TOP 5 do Encontro de Vinhos Off de 2015. São eles:

1- “Facile” 2012, vinícola Alma Única, Brasil.
2- “Raízes” corte 2010 (Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Tannat),        Casa Valduga, Brasil.
3- “Mairena” Malbec 2012, Argentina.
4- “Principal” Grande Reserva, 2008, Bairrada DOC Portugal.
5- “Spettacolo” Syrah 2012, vinícola Alma Única, Brasil.

Agora você já tem um ótimo programa para seu feriado de Tiradentes. Anota aí na sua agenda:

Data: 21 de abril
Horário: das 14h às 22h
Local: Casa da Fazenda
Endereço: Avenida Morumbi, 5594
Ingressos: R$ 80,00 inteira e R$ 40,00 meia (válido para estudantes e idosos, antecipado) ou através do site www.encontrodevinhos.com.br.

Maria Uzêda

Read Full Post »

A ExpoVinis é a maior feira de vinhos da América Latina e ano a ano surpreende com seu tamanho e novidades apresentadas. Confesso que todo primeiro dia de feira fico com a sensação de não saber por onde começar, mas afinal, não dá mesmo para querer degustar e conhecer tudo. Mesmo em três dias de feira. Por isso, vamos atrás das coisas mais diferentes e, claro, trocando figurinhas com os colegas blogueiros e sommeliers o tempo todo para sermos mais certeiros nas descobertas.

Se fosse falar de todas as descobertas, precisaria de uns 10 posts para transmitir tudo o que conheci. Mas serei objetiva, passando rapidamente pelas novidades que me chamaram atenção e que achei que valeria a pena compartilhar com o leitor.

DRINK_wineYellowTail Começando pelo lançamento do [yellow tail] pela importadora Abflug, com presença de um ônibus amarelo no stand, que circulará pela cidade de São Paulo para marcar o lançamento e fazer divulgação. A [yellow tail] é hoje a maior marca Australiana em volume e foi um caso de sucesso nos Estados Unidos. Lembro que este lançamento foi um caso muito falado e criticado por enófilos mais tradicionais e connaisseurs. Por outro lado, o produto virou uma febre entre os jovens consumidores de vinho e é sucesso de vendas nos Estados Unidos. O que falar? Confesso que estava ansiosa para experimentar sua linha, que é composta por um Chardonnay, um Shiraz e um Cabernet Sauvignon. E a minha opinião sincera é que são vinhos bastante justos. Virão com um preço acessível, na faixa de R$35,00 e são vinhos para beber sem compromisso, no dia a dia ou num bar com os amigos. Confesso também que estou ansiosa para ver como o mercado responderá a este produto, visto que todo seu conceito é voltado para um público jovem, descolado, que busca um vinho fácil de beber e de entender. Um nicho ainda muito pouco explorado no Brasil.

roquette-&-cazes-quinta-do-crasto Os portugueses marcaram uma presença fortíssima com enormes estandes, de importadoras, entidades vinícolas portuguesas e produtores. Alguns destaques foram o Roquette & Cazes Douro DOC 2007 da Quinta do Crasto, trazido pela Qualimpor. Este vinho foi eleito Top 10 da ExpoVinis 2011 e realmente é um vinho fantástico, com um preço ao consumidor na faixa de R$160,00.

Outro português muito falado na feira foi o enólogo Antônio Saramago, um dos mais respeitados e experientes enólogos de Portugal, que marcou presença com seus vinhos trazidos pela importadora Viníssimo. Fui muito bem atendida por sua esposa, muito gentil, que apresentou a linha de produtos com tanto esmero. Aqui, chamo atenção para um vinho especial, o Scancio Reserva, um vinho desenvolvido em parceria com Arthur Azevedo, diretor da ABS-SP e José Carlos Satanita, melhor sommelier português, segundo a Revista de Vinhos de Portugal. Scancio vem da palavra escanção, que significa sommelier, ou o profissional do serviço do vinho. O vinho produzido por esses profissionais é uma homenagem aos sommeliers e escanções do Brasil e de Portugal. O Scancio Reserva 2007 é um vinho Alentejano e é produzido a partir das uvas Grand Noir e Alfrocheiro. Seu preço ao consumidor está na faixa de R$90,00.

Não poderia falar em portugueses e não falar dos vinhos da FTP Wines, com um largo portfólio de vinhos portugueses, que neste evento apresentou uma nova linha, a Picos do Couto, da região do Dão. Dentre os quatro vinhos degustados, meu destaque vai para o Picos do Couto Reserva Branco 2009, produzido a partir da uva Encruzado. Com aromas cítricos e notas amanteigadas é um vinho com muito frescor, bom corpo e notas mineiras em boca. Seu preço ao consumidor está na faixa de R$70,00.

Outra presença forte foi das vinícolas nacionais, com estandes cada vez maiores e mais expressivos, das pequenas às grandes, do Rio Grande do Sul  à Santa Catarina. Alguns destaques :

maria-valduga-espumante Lançamento do espumante Maria Valduga, da Casa Valduga, uma homenagem à matriarca da família, idealizadora do sonho de elaborar espumantes no Brasil pelo método champegnoise. De excelente cremosidade, com perlage fino e persistente, possui aromas de brioche amanteigado e notas tostadas. Foi produzido a partir das uvas Chardonnay e Pinot Noir safra 2006 e permaneceu em autólise por 48 meses. Um excelente espumante com uma garrafa diferenciada e muito bonita para presentear. Ainda assim, quem ficou com o primeiro lugar de melhor espumante nacional pelo júri da ExpoVinis foi o Casa Valduga 130, que é o meu espumante de escolha e é um melhor custo benefício.

Tive a oportunidade de degustar em primeiríssima mão o Salton Gammay 2011! O vinho, que é uma novidade da Salton, seria lançado na Expo Vinis 2011, mas não houve tempo hábil de engarrafar e rotular. Claro que algumas garrafas saíram em primeira mão e puderam ser experimentadas por poucos ali presentes. O vinho é bastante agradável, corpo leve, frutado e fácil de beber. Muito agradável para beber em casa, sem compromisso.

cordilheira-de-santana-chardonnay Conheci também uma vinícola chamada Cordilheira de Santana, que fica no Rio Grande do Sul, bem na fronteira com o Uruguai e produz cerca de 15.000 garrafas por ano. Fui recepcionada por seus proprietários, Rosana e seu marido, que muito simpáticos, apresentaram a linha de produtos da casa. Meu destaque vai para o Chardonnay Reserva Especial, um vinho que leva 12 meses em barrica francesa, possui aromas de frutas tropicais maduras e notas de baunilha e manteiga e um leve fundo tostado, é elegante, possui boa acidez e persistência. E custa somente R$49,00. Excelente custo-benefício. Para quem é fã dos brancos, como eu, vale conhecer.

Destaco também a Vinícola Sanjo, de São Joaquim em Santa Catarina, que obteve colocação nos Top 10 Vinhos Brancos Nacionais com seu Sauvignon Blanc 2009, da linha Núbio. Um vinho de boa intensidade aromática, muito frescor e boa personalidade, com preço na faixa de R$42,00.

Outra vinícola de Santa Catarina, a Suzin, marcou presença com o Zelindo 2008 Reserva Especial, um corte de Cabernet Sauvignon e Merlot, com aromas intensos de geléia e frutas silvestres, toques de especiarias e notas defumadas. Em boca, boa estrutura e complexidade. Estagiou 15 meses em barrica francesa. Foram produzidas somente 2.700 garrafas deste vinho.

Voltando para o velho mundo, esteve presente um produtor siciliano, da vinícola Tarucco. Vinhos muito bem produzidos e com preços bastante acessíveis. Destaque para Tarucco Peralta IGT, produzido a partir de uvas Cabernet Sauvignon e Syrah na região de Contessa Entellina. Aromas de cerejas maduras e notas licorosas. Em boca, bom corpo, taninos aveludados e boa intensidade de frutas. O vinho deverá custar para o consumidor R$57,00.

jean-luc-thunevin-bad-boy Na importadora Viníssimo pude ainda experimentar vinhos do enólogo Jean Luc Thunevin, mais conhecido como Bad Boy ou Garage Boy, o enólogo que difundiu o conceito de vinhos de garage na França. A importadora traz quatro vinhos desse produtor da região de Bordeaux, sendo que os vinhos degustados foram os de Côtes de Bourg e Blaye Côtes de Bordeaux. Destaque para o Chateau La Guilbonnerie 2009, Blaye Côtes de Bordeaux, Carbernet Sauvignon e Merlot, com 12 meses de passagem por barrica. Os taninos ainda estão bastante agressivos, mas mostrou-se um excelente vinho, que irá melhorar com o tempo. Preço ao consumidor: R$88,00.

Uma interessante surpresa foi um vinho degustado na importadora DeVinum da Miguel Torres. A vinícola Miguel Torres tem origem nas Espanha, mas possui produção em mais dois países: Chile e Estados Unidos. Eu conheci a vinícola no Chile, que por sinal, é um belo passeio. Mas não me lembrava com tanta clareza de seus vinhos brancos, até porque os tintos sempre foram a assinatura da casa. No entanto, desta vez, o destaque foi para um branco, com uma proposta diferente. O Viña Esmeralda 2009, produzido a partir das uvas Gewurstraminer e Moscatel, com aromas de menta e hortelã e com muito frescor em boca. Um excelente vinho, com preço médio ao consumidor de R$57,00.

Por fim, a importadora Inovini que apresentou os vinhos do produtor alemão Dr. Loosen, com dois excelentes representantes dos vales do Mosel e Pfalz, o Dr. Loosen “Dr. L” Riesling Qualitatswein Trocken 2009 e Villa Wolf Pinot Gris Qualitatswein Trocken 2010. Excelentes brancos a preços muito bons, de R$49,00. Também na Inovini, o espanhol Bodegas Beronia da região da Rioja, com seu Beronia Reserva DOC 2005 e Beronia Gran Reserva 2001, a R$98,00 e R$160,00 respectivamente.

Claro que tudo isso foi somente uma palhinha de tudo o que foi visto e degustado. Mas para quem não pode estar presente, fica o meu rápido passeio pelas descobertas da ExpoVinis 2011. Agradeço aos colegas blogueiros Almir do Anjos, Daniel Perches, Alexandre Frias e sommeliers Luis Amaral e Fernanda Vianna, pelas dicas e figurinhas trocadas no evento.

Saiba mais:

www.abflug.com.br

  www.qualimpor.com.br

www.vinissimo.com.br

www.ftpvinhos.com

www.cordilheiradesantana.com.br

www.vinicolasuzin.com.br

www.sanjo.com.br

www.tarucco.com

www.devinum.com.br

www.inovini.com.br

Read Full Post »