Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘como harmonizar’

A combinação entre pratos e vinhos nada mais é que um jogo delicioso que se pratica a mesa. Existem regras bem específicas para harmonizar sabores de um prato e de um vinho. O fundamental é o equilíbrio entre ambos: o prato e o vinho devem se completar e nunca se sobrepor.

Vinho Tinto Harmoniza

Alguns fatores importantes a se considerar são as combinações de peso, intensidade, taninos, madeira e álcool. Confira abaixo algumas dicas essenciais da harmonização de vinho com a comida:

Vinho ácido

 • Escolha pratos que sejam ricos, cremosos, gordurosos ou salgados para contrabalancear.

• Combine a acidez da comida com o vinho.

• Use o vinho para equilibrar o calor das especiarias.

Vinho doce

• Ao servir vinho com sobremesa, certifique-se de que a sobremesa seja menos doce que o vinho: caso contrário, o vinho parecera sem graça.

• Se o vinho não for muito doce (meio doce) tente servi-lo com pratos levemente doces ou pratos com toque de especiarias ou pimenta.

• Tente combinar o vinho com pratos levemente salgados: você pode encontrar boas combinações, especialmente com queijos e cozinhas do estilo tropical.

Vinho alcoólico

• Certifique-se de que o prato servido também seja igualmente pesado e rico em personalidade, ou o vinho poderá ofuscá-lo.

• Não sirva o vinho com pratos apimentados ou com especiarias.

• Evite excesso de sal, que ira amplificar a percepção do calor/ álcool.

Vinho tânico

• Sirva os taninos com pratos ricos em proteínas, gordura ou ambos.

• Lembre-se de que entradas pobres em proteína ou gordura podem provocar a sensação de o vinho ser ainda mais tânico.

• Lembre-se de que tanino e especiarias não combinam.

• Utilize ingredientes que sejam amargos (brócolis, berinjela, abobrinha, etc.).

Vinho com carvalho

Barricas  • Combine o toque amadeirado com ingredientes como nozes e especiarias doces, ou com técnicas de cocção (grelhar ou defumar).

• Lembre-se de que o envelhecimento em carvalho enriquece a textura do vinho e harmoniza bem com pratos e molhos igualmente ricos em textura.

Vinho tinto e envelhecido

• Sirva o vinho com carnes malpassadas.

• Tenha em mente que o vinho se torna mais delicado com o tempo: escolha preparações mais simples para que o vinho possa aparecer.

Vinho branco envelhecido

• Sirva o vinho com pratos de características aromáticas semelhantes (nozes, amêndoas e frutas secas).

• Compense a perda da acidez do vinho envelhecido com a acidez no prato: sumo do limão ou um toque de vinagre.

Vale lembrar que essas regras não são tão rígidas e deve-se considerar o paladar de cada pessoa, desde que haja bom senso nas combinações. O importante é experimentar e se deliciar com cada nova descoberta. Bon appetit!

Referências: Vinho e Comida, Ed. SENAC, Jose Ivan Santos e Jose Maria Santana.

Read Full Post »