Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Degustação’

Brasil, Argentina, Chile e Uruguai são os países da América do Sul mais conhecidos quando falamos em vinhos. Juntos, eles dominam a participação no mercado brasileiro, onde quase 80% dos vinhos finos vendidos são importados. O Chile é o líder de importações seguido da Argentina, e embora o Uruguai não esteja entre os primeiros colocados do ranking, o Brasil é o mais importante mercado de exportação para o vinho uruguaio.

Toda essa diversidade poderá ser conferida no Festival do Vinho Sul-Americano, organizado pela SBAV-SP (Associação Brasileira dos Amigos do Vinho de São Paulo). O evento acontece no dia 3 de outubro, no Hotel Golden Tulip Paulista Plaza, em São Paulo. Será uma excelente oportunidade para experimentar novos vinhos e aproveitar para abastecer a adega, já que alguns dos rótulos degustados estarão à venda.

degustacao-vinho-sul-americano

Entre os participantes, estão confirmadas grandes importadoras como Decanter, Interfood, Zahil e Viníssimo e vinícolas de destaque, como a premiada chilena Viña Ventisquero. Miolo, Perini e Aurora compõem o time de sul-americanos com rótulos brasileiros.

De acordo com Rodrigo Mammana, presidente da SBAV-SP, o evento acontece em um período estratégico do mercado: “Estamos em um bom momento para promover o vinho sul-americano devido às festividades de final de ano que se aproximam. O Festival é uma oportunidade para quem quer adiantar as compras nesta época em que há um aumento no consumo de vinhos e espumantes”.

Além de adiantar as compras de final de ano, o Festival do Vinho Sul-Americano oferecerá a oportunidade de conhecer o que vem sendo produzido no setor vitivinícola dos países do chamado Cone Sul.

A Argentina, por exemplo, é famosa por seus brancos Torrontés e tintos Cabernet Sauvignon, tradicionais de Mendoza. Sem falar no Malbec argentino, consagrado como um dos vinhos preferidos e mais procurados pelos consumidores. Seus vinhos são únicos e de personalidade, com estilos particulares que trazem os traços de sua origem.

Já o Chile é reconhecido por sua grande diversidade de terroirs, vinhos e cepas. A Carménère é a uva emblemática do país, que também produz grandes exemplares elaborados com a Cabernet Sauvignon.

No Uruguai são predominantes os vinhos Tannat, uva de origem francesa que se tornou tão popular que, hoje, a produção no país é maior do que na própria França. Vêm de lá alguns dos tannats mais premiados do mundo.

No Brasil, destaques para Chardonnay e Merlot, elaborados em sua maior parte na região Sul, além dos espumantes que surpreendem e conquistam cada vez mais paladares exigentes. As premiações internacionais que os rótulos vêm recebendo em concursos importantes e avaliações positivas vindas de críticos de renome contribuem para o aumento no consumo da bebida.

Festival do Vinho Sul-Americano

3 de outubro de 2014 | Das 16 às 21 horas

Hotel Golden Tulip Paulista Plaza

Alameda Santos, 85 – Jardins – São Paulo/SP

Mais informações: (11) 3814-7905 ou (11) 3814-7905

vinho@sbav-sp.com.br

Convites: R$ 30,00 (associados) e R$ 50,00 (não associados)

Nos vemos lá?

Cristina Almeida Prado.

Read Full Post »

Para os amantes do vinho, promover uma degustação em casa é um caminho perfeito para compartilhar, discutir e descobrir novos vinhos com os amigos.

Planejar uma degustação é relativamente fácil. Faça a lista de convidados, escolha um tema e separe todo o material necessário: a toalha que deve ser branca para melhor observação da coloração do vinho, as taças, jarras de água, pãezinhos e azeite. Se quiser sofisticar, capriche na decoração e distribua fichas de avaliação.

Regras e tipos de degustação:

DEGUSTAÇÃO DE VINHOS 1- A mais tradicional regra é partir do vinho mais leve para o mais encorpado; do seco ao mais doce.

2- Procure limitar os vinhos escolhidos a tintos, estritamente, ou a brancos.

3- Estipule uma faixa de preço e solicite a cada convidado que traga o vinho de sua preferência. Essa é uma boa forma de você compartilhar com os amigos seu vinho favorito, descobrir novos vinhos para adicionar a sua lista e, é claro, baratear sua despesa como anfitrião.

4- Degustação Varietal: escolha uma variedade de uva e experimente-a, diversificando a região de origem. Seria muito interessante, por exemplo, degustar um Chardonnay francês, um australiano, um californiano e um brasileiro.

5- Degustação Vertical: escolha um vinho de determinada vinícola e procure as variadas safras desse mesmo vinho. Isso permitirá que seus convidados descubram as diferenças daquele vinho de ano para ano, isto é, a que condições climáticas estiveram sujeitas aquelas uvas e seus reflexos no produto final.

6- Degustação Horizontal: escolha uma safra e uma variedade de uva, mas diferentes produtores. Isso permitirá aos seus convidados perceber o quanto variam os vinhos de produtor para produtor e quão drasticamente podem mudar, dependendo de onde e como foram produzidos.

DEGUSTAÇÃO ÀS CEGAS 7- Degustação às cegas é aquela geralmente adotada nos grandes concursos internacionais de vinhos e exaustivamente praticada pelos entendidos de vinhos. Para esse tipo de degustação, cubra cada garrafa completamente, a fim de que os convidados não possam identificar o que estão provando. Evita-se, dessa forma, qualquer tipo de ideia preconcebida a respeito de qualquer vinho, permitindo que o convidado faça sua avaliação baseado no mais importante fator: sua apreciação, segundo seu paladar pessoal e suas experiências sensoriais individuais. Numere cada garrafa, assim como cada taça, servindo o vinho número 1 na taça número 1, e assim por diante. Nesse tipo de degustação, aconselha-se que sejam distribuídas fichas de avaliação. Peça a todos que registrem suas observações. No final, todos compartilham suas anotações, discutem suas ideias e procuram chegar a uma conclusão, podendo inclusive eleger o vinho que mais agradou a todos e classificá-los numa determinada ordem. Só então revele a identidade dos vinhos degustados. Essa é uma divertida, prazerosa e instrutiva brincadeira.

Se você está pensando em reunir os amigos e degustar alguns vinhos, escolha uma das dicas acima e comece a planejar seu evento. Lembre-se de que para uma memorável ocasião, não importa o quanto você quer se aprofundar no assunto ou até onde você quer chegar; planejamento é o nome do jogo e a única maneira de assegurar que seu evento será um sucesso.

Cheers!!!

Maria Uzêda

Read Full Post »

« Newer Posts