Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Escudo Rojo’

A confraria Bem de Vinho se reuniu esta semana para degustar às cegas e avaliar alguns exemplares da vinícola chilena Escudo Rojo, localizada no vale do Maipo. Sempre muito divertido e instrutivo, o encontro incluiu uma proposta de harmonização, que tornou a noite ainda mais agradável e surpreendente.

bem-de-vinho-confraria

Gustavo Buffa, Maria Uzêda, Arlene Colucci, Rafael Porto, Fernanda Vianna e Cristina Almeida Prado.

A Escudo Rojo foi fundada em 1997 pela família Rothschild, dona do famoso Château Mouton Rothschild e da marca global Mouton Cadet. A família buscava expandir seus negócios para novos terroirs e encontrou no Chile o local ideal. Usando todo seu conhecimento adquirido ao longo dos anos, com a tradição e a cultura da família, somando-se a modernas técnicas de produção, a Escudo Rojo nasce originando vinhos com a mesma excelência que seus vinhos bordaleses, mas com a vivacidade e exuberância do terroir Chileno.

O Chile é um país privilegiado para produção de vinhos por sua diversidade de solos, a água cristalina e o frescor proveniente dos Andes e as barreiras naturais de seu território que servem de proteção contra o ataque de pragas e doenças. Esse conjunto permite originar uvas de altíssima qualidade, especialmente no Valle do Maipo, que é uma das principais regiões produtoras no Chile.

A Escudo Rojo é hoje uma marca global e encanta apreciadores de vinhos mundo a fora. Confira o descritivo dos vinhos apresentados no encontro da confraria Bem de Vinho e as notas de degustação:

escudo-rojo-rothschild-vinhos-chilenos

Rothschild quer dizer “escudo vermelho” em alemão, mesmo significado de Escudo Rojo, que é o emblema do brasão da família.

Escuro Rojo Rosé 2011

País: Chile

Região: Maipo

Castas: 66% Syrah, 21% Cabernet Sauvignon e 14% Carmenère

Graduação Alcoólica: 14%

Notas: De coloração rosada com reflexos brilhantes. No nariz abre com algumas notas intensas de morangos silvestres frescos e romã, com toques de especiarias. Em boca, revela generosos sabores de cereja e framboesa. Um vinho envolvente e delicioso.

Escudo Rojo Carmenère 2012

País: Chile

Região: Maipo

Casta: 100% Carmenère

Graduação Alcoólica: 14%

Notas: De coloração rubi com reflexos violáceos, apresenta aromas de frutas negras como cereja, com notas de hortelã, pimentão verde e especiarias. Em boca, apresenta taninos aveludados com toque de baunilha, frutas maduras e especiarias. Muito bom!

Envelhecimento: 50% barris de carvalho com 1 ano de idade durante 6 a 8 meses.

Escudo Rojo Syrah 2011

País: Chile

Região: Maipo

Casta: 100% Syrah

Graduação Alcoólica: 14%

Nota de degustação: De coloração rubi intenso, apresenta aromas de frutas negras como cereja e ameixa preta com notas de baunilha. Em boca, revela taninos marcantes, corpo médio, uma riqueza de frutas negras maduras com toque herbáceo. Está delicioso!

Envelhecimento: 50% barris de carvalho com 1 ano de idade de 6 a 8 meses.

Escudo Rojo Blend 2011

País: Chile

Região: Maipo

Castas: 40% Carmenère , 38% Cabernet Sauvignon, 20% Syrah, 2% Cabernet Franc.

Graduação Alcoólica: 14%

Nota de degustação: De coloração rubi intenso, revela aromas poderosos de frutas negras maduras, como cereja e amora com notas de chocolate e baunilha. Em boca, apresenta toques de mate e frutas maduras, bom corpo e maturidade tânica. Expressa todo o caráter do terroir do Chile, combinando o caráter do Cabernet Sauvignon com arredondamento da Carmenère e poder aromático da Syrah. Está muito bom!

Envelhecimento: 50% barris de carvalho com 1 ano de idade de 6 a 8 meses.

Rothschild quer dizer “escudo vermelho” em alemão, mesmo significado de Escudo Rojo, que é o emblema do brasão da família.

Mais informações sobre os vinhos no site da Devinum ou através do e-mail cristina@sommeliere.com.br.

Um brinde à vida!

Cristina Almeida Prado.

Read Full Post »

O movimento conhecido como “Outubro Rosa” nasceu nos Estados Unidos na década de 90 com o intuito de alertar a população sobre o câncer de mama. O movimento é celebrado até hoje, numa dimensão muito mais global, com engajamento de diversas entidades públicas e privadas ao redor do mundo, que buscam promover a conscientização sobre a doença e a importância do diagnóstico precoce.

outubro-rosa-conscientização

De acordo com a World Health Organization, o câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais incidente em mulheres e representou 25% do total de casos de câncer no mundo em 2012, sendo a causa mais frequente de morte por câncer em mulheres. Por isso, mulheres do Brasil e do mundo devem fazer exames regulares, conforme recomendação médica. Esses exames podem ajudar a identificar o câncer antes de a pessoa ter sintomas, quando as chances de cura são muito maiores.

Nós, do blog Sommelière, apoiamos o “Outubro Rosa” e através de nossos canais de comunicação levamos o assunto a nossos leitores, incentivando-os a fazer um acompanhamento de sua saúde e de seus familiares. E tendo como inspiração o mundo dos vinhos, usamos os vinhos rosés como símbolo de nosso apoio a esta causa.

Nem tinto nem branco, o vinho rosé pode apresentar tons que vão desde o laranja-claro ao púrpura vívido, dependendo das uvas utilizadas e da técnica de produção. O vinho rosé pode ser produzido a partir de uvas tintas ou brancas e tintas, mas necessariamente uma das uvas deve ser tinta. Isso porque são os taninos presentes nas cascas das tintas que darão a sua coloração rosada. A diferença na coloração obtida entre tintos e rosés decorre do tempo de contato das cascas com o mosto (suco resultante da prensa das uvas) durante a fermentação. Nos rosés, esse contato é mais curto e suficiente para dar a coloração desejada ao vinho.

O vinho rosé é uma ótima pedida para o verão por ser leve, refrescante e fácil de beber. É também um vinho coringa para harmonizações, podendo ser combinado com uma diversidade de peixes e frutos do mar, carnes brancas e molhos. Os rosés mais famosos do mundo são os da região da Provence, no sul da França. Mas hoje é possível encontrar excelentes exemplares de diversos países produtores.

Deixamos nossa dica de alguns deliciosos rosés para você celebrar a chegada do calor e se engajar à causa do Outubro Rosa:

outubro-rosa-rosés-torres-lagarde-escudo-rojo

Viña Brava Torres Rosado 2013

Produtor: Torres

Cariñena e Garnacha

Catalunya, Espanha

Notas: De coloração rosa vívido, apresenta aromas frescos e frutados de cereja e morango. Em boca é bastante frutado, apresenta elegante acidez, frescor e suave textura.

Preço: R$27,00

www.bodegatorres.es

Lagarde Blanc de Noir 2013

Produtor: Lagarde

50% Malbec, 50% Pinot Noir

Mendoza, Argentina

Notas: De coloração rosada, com reflexos rubis, apresenta aromas delicados com notas de frutas como cereja e framboesa. Em boca, é suave e sedoso, com bom volume e muito refrescante.

Preço: R$49,00

www.lagarde.com.ar

Escuro Rojo

Produtor: Baron Philippe de Rothschild

66% Syrah, 21% Cabernet Sauvignon e 14% Carmenère

Maipo, Chile

Notas: De coloração rosada com reflexos brilhantes. No nariz abre com algumas notas intensas de morangos silvestres frescos e romã, evolui para aromas de groselha e especiarias. Em boca, revela generosos aromas de cereja e framboesa.

Preço: R$69,90

www.bpdr.com

Informações de compra no site da Devinum ou através do e-mail cristina@sommeliere.com.br.

Mais informações sobre o “Outubro Rosa”:

Instituto Nacional do Câncer (INCA)

Instituto Se Toque

Um brinde à vida!

Cristina Almeida Prado e Maria Uzêda.

 

Read Full Post »