Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Eventos’ Category

Quem pretende ir ao Encontro de Vinhos de Curitiba, que vá se preparando: saiu a lista dos vinhos Top 5.

O Encontro de Vinhos, que acontecerá neste sábado, dia 8 de novembro, promoveu nesta semana uma degustação para eleger os cinco melhores rótulos dentre os inúmeros que serão apresentados no evento. O resultado foi surpreendente, porque, curiosamente, houve alguns empates. Assim, ao invés de cinco, foram oito os selecionados. Eis os destaques:

top-5-encontro-de-vinhos-de-curitiba

Primeiro lugar:

“Iscay” 2008, Malbec e Cabernet Franc, vinícola Trapiche, Argentina.

Vinho de coloração violeta intensa, com aromas de frutas negras e notas de chocolate; apresenta acidez equilibrada, álcool bem integrado e agradável e longo final em boca. Um belo vinho!

Segundo lugar 1:

“Jerarquia Reserva” 2011, Malbec, vinícola Fermasa, Argentina.

Vinho de coloração granada, por sua complexidade, vai abrindo-se aos poucos, revelando sabores condimentados, baunilha, taninos marcantes e longo final em boca.

Segundo lugar 2:

“Gáudio” 2011, Touriga Nacional, Aragonês, Tinta Miúda e Alicante Bouschet. Vinho Regional Alentejano.

De cor rubi com reflexos violáceos, esse vinho estagiou em barrica de carvalho francês, é bem equilibrado, com notas de couro, cravo e leve herbáceo, apresenta elegante perfil e longa persistência.

Terceiro lugar 1:

“Brunello di Montalcino” 2009 DOCG, Itália.

Bela expressão da cepa Sangiovese (Brunello), um vinho elegante, rico em frutas silvestres, notas de couro, especiarias e ervas.

Terceiro lugar 2:

“OPI” 2012, Cabernet Sauvignon, vinícola Mascota, Argentina.

Vinho de cor vermelho rubi, cheio de frutos vermelhos, sutil herbáceo, boa adstringência e taninos aveludados.

Quarto lugar 1:

“Mamertino Rosso” 2008, Nero D’Ávola, Itália.

De cor granada translúcida, esse vinho exala aromas de frutos maduros, com nota medicinal e animal; em boca apresenta-se equilibrado, com taninos macios e corpo leve e delicado.

Quarto lugar 2:

“Vernus Blend” 2012, vinícola Santa Helena.

Vinho de coloração rubi com reflexos violáceos, aromas herbáceos, notas de chocolate, pimentão verde, mate, corpo médio, leve picância e taninos marcantes.

Quinto lugar:

“Unânime”, Bodegas Santa Ana.

Vinho de coloração rubi intenso, com aromas de frutos vermelhos, notas de chocolate e couro; em boca, equilibrado, taninos macios e bom corpo.

Agora, com essas dicas, o público apaixonado por vinhos perderá desfrutar melhor ainda desse evento tão vibrante, generoso e caloroso que é o Encontro de Vinhos. Boa feira para todos!

Maria Uzêda.

Read Full Post »

Mais uma novidade foi apresentada no Wine Bar Online esta semana: Bellini, um drink italiano feito a partir de Prosecco, suco de pêssego e gotas de framboesa. Uma proposta super refrescante para curtir no verão.

Bellini-Canella-cocktail-prosecco

Em entrevista realizada por Daniel Perches com Otávio Piva, da Expand, e Fabio Lunardi, da vinícola Canella, pudemos conhecer um pouco mais sobre a bebida, sua proposta e a história de seu produtor.

Bellini é produzido pela vinícola Canella, fundada por Luciano Canella em 1948 na Itália, que desde o início prezava pela inovação. Nos anos 80, especializou-se na produção de vinhos espumantes, utilizando as melhores uvas da região de Piave, assim como Prosecco em Conegliano e Valdobbiadene. A paixão de Canella pelo Prosecco e o seu amor pelo desafio e pioneirismo o levou a criar coquetéis de vinho com frutas, como o Bellini, que se tornou um sucesso internacional.

O drink é composto de duas partes de Prosecco, uma parte de suco de pêssego branco e algumas gotas de framboesa, que conferem uma sensual coloração rosada à bebida. É uma combinação inusitada e deliciosa. O nome Bellini foi inspirado no pintor renascentista Giovanni Bellini (1430-1516), considerado renovador da escola veneziana com o uso de toques coloridos em suas pinturas. Assim como é feito com o Bellini.

Refrescante e leve, o Bellini pode ser consumido como aperitivo, após as refeições ou mesmo acompanhando algumas comidas. Pode ser harmonizado, por exemplo, com antipastos, saladas ou finger foods. Na Europa e nos Estados Unidos, onde a bebida já é um sucesso, tem sido servido como coquetel em casamentos e outros tipos de evento.

Aproveitando que o verão já está aí, fica a dica de uma proposta diferente de bebida que vale a pena experimentar.

Onde comprar: Expand

Preço: R$ 85,00

Mais informações: Wine Bar Online

Um brinde!

Cristina Almeida Prado.

Read Full Post »

Acontecerá esta semana o Encontro de Vinhos de Curitiba, maior evento de vinhos no conceito “road show”  do país focado no público consumidor. Em sua terceira edição, o evento contará com a presença de expositores como Casa Valduga, Cave Geisse, Domno, Cantu, Ideal Drinks, TodoVino, dentre outros.

encontro-de-vinhos-curitibaMais de 150 rótulos estarão disponíveis para degustação e o visitante poderá também participar de outras atividades, tais como palestras acompanhadas de um painel de degustação (informe-se para garantir o seu lugar).

Para quem estiver em Curitiba no dia 08 de Novembro, vale a pena se programar para participar. Será uma excelente oportunidade para conhecer novos vinhos e aproveitar um delicioso momento entre amigos.

Sobre o Evento:

Dia 08 de Novembro das 14h às 22h

Hotel  Lizon – Av. Sete de Setembro, 2246 – Centro

Ingressos: R$70 no local ou R$60 através do site.

Mais informações: www.encontrodevinhos.com.br

Um brinde!

Cristina Almeida Prado.

 

Read Full Post »

Restaurante-Bar com Estilo Argentino

Uma novidade vem agitando a badalada Rua dos Pinheiros, em São Paulo: o restaurante “Cabaña del Asado”. O mais novo restaurante da área surge como uma ótima opção de programa para os apreciadores da gastronomia portenha.

bife-de-chorizo-cabaña-del-asado

Aberto durante todos os dias da semana, o restaurante oferece um cardápio especializado em cortes nobres de carnes ao estilo argentino e uma bem selecionada carta de vinhos.

Todo mês, uma generosa promoção disponibiliza alguns rótulos a preços abaixo dos praticados pelas importadoras. Em outubro, fizeram parte dessa promoção os seguintes vinhos:

“Altos Las Hormigas” – um clássico Malbec, de R$78,00 por R$50,00.
“Perdriel Colección” – um Cabernet Sauvignon, de R$90,00 por R$76,00.
“Norton Privado” – vinho com boa complexidade, de R$120,00 por R$76,00.
“Perdriel Centenario” – marco das comemorações dos 100 anos da vinícola, um corte de Malbec, Cabernet Sauvignon e Merlot, com 16 meses de barrica; de R$150,00 por R$120,00.

O mês de novembro promete uma nova seleção promocional de vinhos. Vale conferir!

Um menu especial, intitulado “Picadas Cabañas”, servido diariamente a partir das 19h, apresenta deliciosas opções de petiscos de carnes e linguiças grelhadas e fatiadas, sem falar das típicas empanadas. Algumas boas sugestões são a “Picada Cabaña” ou o “Prime Rib Aperitivo” (R$75,00), ou ainda a “Picanha Fatiada” ou o “Chorizo em Tiras” (R$39,00) e a “Tábua de Carnes” (R$69,00).

panqueca-de-doce-de-leite-cabana-del-asado

As mesas dispostas na área externa do restaurante dão um ar agradável e descontraído de bar, formando um ambiente convidativo para um encontro informal. As noites das sextas-feiras e dos sábados são embaladas ao som do saxofonista Jeft Asur, com seu clássico repertório de jazz.

Boa comida, bons vinhos e boa música, tudo isso combinado é garantia de inesquecíveis momentos de prazer. Fica aqui a nossa sugestão.

Restaurante “Cabaña Del Asado”: rua dos Pinheiros, 764, esquina com a rua Mourato Coelho. Telefone: 3061-9249.

Maria Uzêda.

Read Full Post »

Sempre que me pedem indicação de um vinho espumante, minha primeira recomendação é de um produto brasileiro. Sei que ainda existe muito preconceito com os vinhos nacionais por conta de um histórico de produtos de baixa qualidade. Mas hoje a realidade já é muito diferente. Com a entrada de vinhos chilenos e argentinos em larga escala em nosso mercado a preços competitivos, a indústria nacional precisou correr atrás e se modernizar. E o que nosso terroir tem nos permitido produzir de melhor são os vinhos espumantes. Como sommelière e enófila, ergo a bandeira do espumante nacional e ouso dizer que temos muitos exemplares que desbancam qualquer borbulha dos nossos vizinhos.

dunamis-espumantes-serra-gaúcha

Nesta semana participei de mais um Wine Bar Online, projeto que promove degustações ao vivo pela internet. Desta vez, conhecemos os espumantes da gaúcha Dunamis, uma vinícola jovem fundada em 2010 que tem como filosofia originar vinhos descomplicados, que possam ser apreciados a qualquer momento. Foram apresentados um espumante Brut, um Rosé e um Moscatel, cada um com uma proposta bem distinta, mas todos muito bem elaborados. Degustar estes três exemplares foi uma experiência surpreendente, conforme veremos a seguir:

DUNAMIS AR – BRUT

Variedade: 100% Chardonnay

Vinhedos: Serra Gaúcha.

Graduação alcoólica: 11,5% vol.

Notas de degustação: Possui cor amarelo claro com média espumação e bolhas de tamanho pequeno. No aroma lembra maçã, pêra, com notas cítricas e florais. No paladar apresenta acidez equilibrada, corpo intenso, boa persistência e uma discreta doçura. Harmonizado com salmão grelhado na crosta de ervas com coalhada seca e limão siciliano ficou delicioso!

Temperatura de serviço: 4 a 6°C.

salmão-na-crosta-de-ervas-com-coalhada-seca

Salmão na crosta de ervas com coalhada seca e limão siciliano.

DUNAMIS – AR BRUT ROSÉ

Variedades: 50% Merlot e 50% Malbec

Vinhedos: Serra Gaúcha

Graduação alcoólica: 12,5% vol

Notas de degustação: De coloração rosa intenso, revela aromas de frutas vermelhas como morango e cereja. Em boca, apresenta sabores de frutas vermelhas, boa estrutura e espumação, acidez refrescante e equilibrada. Um proposta diferente e muito interessante!

Temperatura de serviço: 4 a 6°C.

DUNAMIS AR – MOSCATEL

Variedades: 100% Moscato Bianco

Vinhedos: Serra Gaúcha.

Graduação alcoólica: 7,5%

Notas de degustação: De coloração amarelo palha com reflexos esverdeados, apresenta bolhas finas e delicadas. Aromas de frutas cítricas com notas florais. Acidez equilibrada, agradável frescor e jovialidade, sabor de abacaxi e maçã verde com delicada doçura. Um surpreendente moscatel!

Temperatura de serviço: 4 a6°C

Os espumantes apresentados custam cerca de R$50 e podem ser comprados na loja online da Dunamis.

Um brinde aos espumantes nacionais!

Cristina Almeida Prado.

Read Full Post »

A confraria Bem de Vinho se reuniu esta semana para degustar às cegas e avaliar alguns exemplares da vinícola chilena Escudo Rojo, localizada no vale do Maipo. Sempre muito divertido e instrutivo, o encontro incluiu uma proposta de harmonização, que tornou a noite ainda mais agradável e surpreendente.

bem-de-vinho-confraria

Gustavo Buffa, Maria Uzêda, Arlene Colucci, Rafael Porto, Fernanda Vianna e Cristina Almeida Prado.

A Escudo Rojo foi fundada em 1997 pela família Rothschild, dona do famoso Château Mouton Rothschild e da marca global Mouton Cadet. A família buscava expandir seus negócios para novos terroirs e encontrou no Chile o local ideal. Usando todo seu conhecimento adquirido ao longo dos anos, com a tradição e a cultura da família, somando-se a modernas técnicas de produção, a Escudo Rojo nasce originando vinhos com a mesma excelência que seus vinhos bordaleses, mas com a vivacidade e exuberância do terroir Chileno.

O Chile é um país privilegiado para produção de vinhos por sua diversidade de solos, a água cristalina e o frescor proveniente dos Andes e as barreiras naturais de seu território que servem de proteção contra o ataque de pragas e doenças. Esse conjunto permite originar uvas de altíssima qualidade, especialmente no Valle do Maipo, que é uma das principais regiões produtoras no Chile.

A Escudo Rojo é hoje uma marca global e encanta apreciadores de vinhos mundo a fora. Confira o descritivo dos vinhos apresentados no encontro da confraria Bem de Vinho e as notas de degustação:

escudo-rojo-rothschild-vinhos-chilenos

Rothschild quer dizer “escudo vermelho” em alemão, mesmo significado de Escudo Rojo, que é o emblema do brasão da família.

Escuro Rojo Rosé 2011

País: Chile

Região: Maipo

Castas: 66% Syrah, 21% Cabernet Sauvignon e 14% Carmenère

Graduação Alcoólica: 14%

Notas: De coloração rosada com reflexos brilhantes. No nariz abre com algumas notas intensas de morangos silvestres frescos e romã, com toques de especiarias. Em boca, revela generosos sabores de cereja e framboesa. Um vinho envolvente e delicioso.

Escudo Rojo Carmenère 2012

País: Chile

Região: Maipo

Casta: 100% Carmenère

Graduação Alcoólica: 14%

Notas: De coloração rubi com reflexos violáceos, apresenta aromas de frutas negras como cereja, com notas de hortelã, pimentão verde e especiarias. Em boca, apresenta taninos aveludados com toque de baunilha, frutas maduras e especiarias. Muito bom!

Envelhecimento: 50% barris de carvalho com 1 ano de idade durante 6 a 8 meses.

Escudo Rojo Syrah 2011

País: Chile

Região: Maipo

Casta: 100% Syrah

Graduação Alcoólica: 14%

Nota de degustação: De coloração rubi intenso, apresenta aromas de frutas negras como cereja e ameixa preta com notas de baunilha. Em boca, revela taninos marcantes, corpo médio, uma riqueza de frutas negras maduras com toque herbáceo. Está delicioso!

Envelhecimento: 50% barris de carvalho com 1 ano de idade de 6 a 8 meses.

Escudo Rojo Blend 2011

País: Chile

Região: Maipo

Castas: 40% Carmenère , 38% Cabernet Sauvignon, 20% Syrah, 2% Cabernet Franc.

Graduação Alcoólica: 14%

Nota de degustação: De coloração rubi intenso, revela aromas poderosos de frutas negras maduras, como cereja e amora com notas de chocolate e baunilha. Em boca, apresenta toques de mate e frutas maduras, bom corpo e maturidade tânica. Expressa todo o caráter do terroir do Chile, combinando o caráter do Cabernet Sauvignon com arredondamento da Carmenère e poder aromático da Syrah. Está muito bom!

Envelhecimento: 50% barris de carvalho com 1 ano de idade de 6 a 8 meses.

Rothschild quer dizer “escudo vermelho” em alemão, mesmo significado de Escudo Rojo, que é o emblema do brasão da família.

Mais informações sobre os vinhos no site da Devinum ou através do e-mail cristina@sommeliere.com.br.

Um brinde à vida!

Cristina Almeida Prado.

Read Full Post »

O movimento conhecido como “Outubro Rosa” nasceu nos Estados Unidos na década de 90 com o intuito de alertar a população sobre o câncer de mama. O movimento é celebrado até hoje, numa dimensão muito mais global, com engajamento de diversas entidades públicas e privadas ao redor do mundo, que buscam promover a conscientização sobre a doença e a importância do diagnóstico precoce.

outubro-rosa-conscientização

De acordo com a World Health Organization, o câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais incidente em mulheres e representou 25% do total de casos de câncer no mundo em 2012, sendo a causa mais frequente de morte por câncer em mulheres. Por isso, mulheres do Brasil e do mundo devem fazer exames regulares, conforme recomendação médica. Esses exames podem ajudar a identificar o câncer antes de a pessoa ter sintomas, quando as chances de cura são muito maiores.

Nós, do blog Sommelière, apoiamos o “Outubro Rosa” e através de nossos canais de comunicação levamos o assunto a nossos leitores, incentivando-os a fazer um acompanhamento de sua saúde e de seus familiares. E tendo como inspiração o mundo dos vinhos, usamos os vinhos rosés como símbolo de nosso apoio a esta causa.

Nem tinto nem branco, o vinho rosé pode apresentar tons que vão desde o laranja-claro ao púrpura vívido, dependendo das uvas utilizadas e da técnica de produção. O vinho rosé pode ser produzido a partir de uvas tintas ou brancas e tintas, mas necessariamente uma das uvas deve ser tinta. Isso porque são os taninos presentes nas cascas das tintas que darão a sua coloração rosada. A diferença na coloração obtida entre tintos e rosés decorre do tempo de contato das cascas com o mosto (suco resultante da prensa das uvas) durante a fermentação. Nos rosés, esse contato é mais curto e suficiente para dar a coloração desejada ao vinho.

O vinho rosé é uma ótima pedida para o verão por ser leve, refrescante e fácil de beber. É também um vinho coringa para harmonizações, podendo ser combinado com uma diversidade de peixes e frutos do mar, carnes brancas e molhos. Os rosés mais famosos do mundo são os da região da Provence, no sul da França. Mas hoje é possível encontrar excelentes exemplares de diversos países produtores.

Deixamos nossa dica de alguns deliciosos rosés para você celebrar a chegada do calor e se engajar à causa do Outubro Rosa:

outubro-rosa-rosés-torres-lagarde-escudo-rojo

Viña Brava Torres Rosado 2013

Produtor: Torres

Cariñena e Garnacha

Catalunya, Espanha

Notas: De coloração rosa vívido, apresenta aromas frescos e frutados de cereja e morango. Em boca é bastante frutado, apresenta elegante acidez, frescor e suave textura.

Preço: R$27,00

www.bodegatorres.es

Lagarde Blanc de Noir 2013

Produtor: Lagarde

50% Malbec, 50% Pinot Noir

Mendoza, Argentina

Notas: De coloração rosada, com reflexos rubis, apresenta aromas delicados com notas de frutas como cereja e framboesa. Em boca, é suave e sedoso, com bom volume e muito refrescante.

Preço: R$49,00

www.lagarde.com.ar

Escuro Rojo

Produtor: Baron Philippe de Rothschild

66% Syrah, 21% Cabernet Sauvignon e 14% Carmenère

Maipo, Chile

Notas: De coloração rosada com reflexos brilhantes. No nariz abre com algumas notas intensas de morangos silvestres frescos e romã, evolui para aromas de groselha e especiarias. Em boca, revela generosos aromas de cereja e framboesa.

Preço: R$69,90

www.bpdr.com

Informações de compra no site da Devinum ou através do e-mail cristina@sommeliere.com.br.

Mais informações sobre o “Outubro Rosa”:

Instituto Nacional do Câncer (INCA)

Instituto Se Toque

Um brinde à vida!

Cristina Almeida Prado e Maria Uzêda.

 

Read Full Post »

Bisquertt, Casa Silva, Lapostolle, Los Vascos, Luis Felipe Edwards, Montes, MontGras, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Rita, Siegel, Viña Ventisquero e Viu Manent: além de grandes produtores, são verdadeiros ícones do mercado de vinhos do Chile e do mundo. Esta semana, enólogos e produtores das 13 vinícolas que integram a associação Viñas de Colchagua desembarcaram em São Paulo para apresentar alguns de seus clássicos na ‘Avant-Première Viñas de Colchagua’.

“Escolhemos o Brasil para sediar este evento e apresentar vinhos clássicos e emblemáticos do Colchagua, região com um dos terroirs mais diversificados do Chile, com vinhedos que vão da Cordilheira ao mar”, explica José Miguel Viu, presidente da associação.

viñas-de-colchagua-chile

O Brasil ocupa a 5ª posição no ranking de exportações de vinho chileno e o Chile lidera, desde 2002, quase metade do mercado de vinhos importados no Brasil, fechando o primeiro semestre deste ano com 48,08% de participação em volume e 40,33% em valor (dados da International Consulting).

Com tradição na cultura agrícola, o Vale de Colchagua é conhecido por suas belas colinas plantadas com vinhedos antigos, além de vinícolas modernas e tecnológicas que embelezam a paisagem. Seu clima privilegiado – aliado ao uso de tecnologia de ponta – permitiu que a indústria vitivinícola desenvolvesse a produção de vinhos alcançando os melhores padrões mundiais.

As características geográficas do Vale de Colchagua formam microclimas únicos e ideais para o cultivo de diferentes variedades, como as tintas Cabernet Sauvignon, Merlot, Carmenere, Malbec e Syrah, além de vinhos brancos e rosés de altíssima qualidade.

Alguns destaques apresentados no evento foram:

Casa Silva Microterroir Carmenère 2007

100% Carmenère

www.casasilva.cl

Casa-Silva-Los-Lingues

Casa Silva, Los Lingues

Siegel Unique Selection 2010

45% Cabernet Sauvignon, 35% Carmenère e 20% Syrah

www.siegelwines.com

Luis Felipe Edwards Doña Bernarda 2009

58% Cabernet Sauvignon, 22% Carmenère, 15% Syrah e 5% Petit Verdot

www.lfewines.com

Viu Manent Viu 1 2007

94% Malbec e 6% Petit Verdot

www.viumanent.cl

Casa Lapostolle Clos Apalta 2009

78% Carmenère, 19% Cabernet Sauvignon e 3% Petit Verdot

www.lapostolle.com

Viña Vestisquero Pangea 2009

100% Syrah

www.vestisquero.com

Montes Alpha M 2006

80% Cabernet Sauvignon, 10% Cabernet Franc, 5% Merlot e 5% Petit Verdot

www.monteswines.com

Santa Rita Pehuén 2008

90% Carmenère e 10% Syrah

www.santarita.com

Santa-Rita-bodega-Colchagua-Chile

Santa Rita, Colchagua

MontGras Ninguén 2007

65% Syrah e 35% Cabernet Sauvignon

www.montgras.cl

Los Vascos Le Dix 2009

85% Cabernet Sauvignon, 10% Carmenère e 5% Syrah

www.lafite.com/en/the-domaines/vina-los-vascos/

Bisquertt Tralca 2010

65% Cabernet Sauvignon, 31% Carmenère e 4% Syrah

www.bisquertt.cl

Santa Cruz Reserva Especial Petit Verdot 2010

90% Petit Verdot e 10% Carmenère

www.vinasantacruz.cl

viña-santa-cruz-bodega-chile

Viña Santa Cruz, Colchagua

A Viñas de Colchagua é a primeira associação regional de vinícolas do Chile, criada com o objetivo de promover e difundir a Denominação de Origem Valle de Colchagua. Atualmente agrupa 13 produtores da região, além de ser responsável pela Rota do Vinho no Vale de Colchagua.

Mais informações em: www.colchaguavalley.cl.

Um brinde aos excelentes vinhos de Colchagua!

Cristina Almeida Prado.

Read Full Post »

Aconteceu esta semana mais um Wine Bar Online, projeto que promove degustações ao vivo pela internet. Desta vez, pudemos degustar três vinhos da Salton com propostas muito interessantes e assistir a uma entrevista ao vivo com Lucindo Copat, enólogo-chefe da Salton, que comentou sobre cada um dos vinhos:

vinhos-salton-wine-bar-online

Salton Paradoxo Gewurztraminer 2014

Características:
Amarelo palha vivo em sua coloração. Notas florais de rosas e frutas brancas como pêra e lichia aparecem no aroma. Em boca é leve e refrescante, de agradável permanência no paladar.

Harmonização:
Patês com ervas aromáticas, frutos do mar, como camarão e caranguejo, sushi e massas com vegetais grelhados.

Preço: R$ 25,00
Onde comprar: Loja Virtual Salton

Salton Poética Espumante Rosé

(80% Pinot Noir e 20% Chardonnay)

Características:
Apresenta delicada coloração rosada, brilhante, com um intenso desprendimento de finas borbulhas. Seus aromas são frutados, lembrando frutas vermelhas com notas cítricas, além de leves notas de leveduras e pão tostado. Seu paladar é cremoso, leve e refrescante, com um agradável final de boca.

Harmonização:
Como aperitivo, com canapés, peixes grelhados com azeite de oliva, especialmente salmão, risoto com frutos do mar e pratos com camarões.

Preço: R$ 30,00

Onde comprar: Loja Virtual Salton

Salton Intenso Marselan e Teroldego 2014

Características:
Apresenta uma coloração rubi vibrante. Expressa aromas de frutas negras e vermelhas, como framboesa, mirtilo e cereja, além de notas de especiarias, hortelã e violetas. Seu sabor é robusto, com acidez marcante.

Harmonização:
Tábua de queijos e embutidos, massas com molhos à base de tomate e carnes assadas com ervas aromáticas.

Preço: R$ 28,00

Onde comprar: Loja Virtual Salton

Com 104 anos de existência, um enorme portfólio e muita história para contar, a Salton é reconhecida como uma das principais vinícolas brasileiras. Não é à toa que a empresa lidera hoje o mercado de espumantes e frisantes no Brasil, com uma fatia de quase 40%.

O encontro no Wine Bar com os vinhos da Salton foi mais uma interessante oportunidade para conhecer novidades e desfrutar de um delicioso momento. Você pode assistir à entrevista gravada no Wine Bar.com ou acessar o site da Salton para mais informações sobre os produtos.

Um brinde!

Cristina Almeida Prado.

Read Full Post »

Brasil, Argentina, Chile e Uruguai são os países da América do Sul mais conhecidos quando falamos em vinhos. Juntos, eles dominam a participação no mercado brasileiro, onde quase 80% dos vinhos finos vendidos são importados. O Chile é o líder de importações seguido da Argentina, e embora o Uruguai não esteja entre os primeiros colocados do ranking, o Brasil é o mais importante mercado de exportação para o vinho uruguaio.

Toda essa diversidade poderá ser conferida no Festival do Vinho Sul-Americano, organizado pela SBAV-SP (Associação Brasileira dos Amigos do Vinho de São Paulo). O evento acontece no dia 3 de outubro, no Hotel Golden Tulip Paulista Plaza, em São Paulo. Será uma excelente oportunidade para experimentar novos vinhos e aproveitar para abastecer a adega, já que alguns dos rótulos degustados estarão à venda.

degustacao-vinho-sul-americano

Entre os participantes, estão confirmadas grandes importadoras como Decanter, Interfood, Zahil e Viníssimo e vinícolas de destaque, como a premiada chilena Viña Ventisquero. Miolo, Perini e Aurora compõem o time de sul-americanos com rótulos brasileiros.

De acordo com Rodrigo Mammana, presidente da SBAV-SP, o evento acontece em um período estratégico do mercado: “Estamos em um bom momento para promover o vinho sul-americano devido às festividades de final de ano que se aproximam. O Festival é uma oportunidade para quem quer adiantar as compras nesta época em que há um aumento no consumo de vinhos e espumantes”.

Além de adiantar as compras de final de ano, o Festival do Vinho Sul-Americano oferecerá a oportunidade de conhecer o que vem sendo produzido no setor vitivinícola dos países do chamado Cone Sul.

A Argentina, por exemplo, é famosa por seus brancos Torrontés e tintos Cabernet Sauvignon, tradicionais de Mendoza. Sem falar no Malbec argentino, consagrado como um dos vinhos preferidos e mais procurados pelos consumidores. Seus vinhos são únicos e de personalidade, com estilos particulares que trazem os traços de sua origem.

Já o Chile é reconhecido por sua grande diversidade de terroirs, vinhos e cepas. A Carménère é a uva emblemática do país, que também produz grandes exemplares elaborados com a Cabernet Sauvignon.

No Uruguai são predominantes os vinhos Tannat, uva de origem francesa que se tornou tão popular que, hoje, a produção no país é maior do que na própria França. Vêm de lá alguns dos tannats mais premiados do mundo.

No Brasil, destaques para Chardonnay e Merlot, elaborados em sua maior parte na região Sul, além dos espumantes que surpreendem e conquistam cada vez mais paladares exigentes. As premiações internacionais que os rótulos vêm recebendo em concursos importantes e avaliações positivas vindas de críticos de renome contribuem para o aumento no consumo da bebida.

Festival do Vinho Sul-Americano

3 de outubro de 2014 | Das 16 às 21 horas

Hotel Golden Tulip Paulista Plaza

Alameda Santos, 85 – Jardins – São Paulo/SP

Mais informações: (11) 3814-7905 ou (11) 3814-7905

vinho@sbav-sp.com.br

Convites: R$ 30,00 (associados) e R$ 50,00 (não associados)

Nos vemos lá?

Cristina Almeida Prado.

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »